Integrantes de um terreiro de candomblé em Cachoeira, no Recôncavo, acusam um incêndio motivado por intolerância religiosa. Segundo informou o pai de santo Duda de Candola, o caso ocorreu no terreiro Ilê Axé Icimimo, na quinta-feira (14). As chamas começaram por volta das 16h.

Apenas o caseiro estava no local. Um grupo de pessoas iniciou o trabalho de contenção do fogo e por volta das 17h30 uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local para combater o fogo. O incêndio foi debelado já por volta das 20h. O pai de santo acredita que o incêndio tenha sido criminoso.

Duda Candola disse que o local já tinha sido invadido no carnaval deste ano, por causa de um conflito latifundiário. A delegacia de Cachoeira investiga o caso.

Fonte> Bahia Noticias

Written by

Matriz Africana

Movimento político de união e acolhimento "Matriz Africana", que visa agregar, unir, acolher, conectar e informar a todos os adeptos de religiões de Matriz Africana de forma que se possa empoderar, garantir direitos e proteger a liberdade de culto e os povos de axé. Aqui se troca conhecimento, informação e apoio.