Matriz Africana é um movimento político que tem a finalidade de agregar e unir as diferentes vertentes religiosas de origem africana existentes em nosso país; É fato que muitas delas, efetivamente nasceram no Brasil, no entanto, é inegável que suas origens e suas heranças venham da Africa.

Aqui falamos de todas elas e de quantas pudermos abordar, desde: Candomblé e todas as suas divisões, (caracterizadas por suas nações), unidas a Umbanda, suas divindades e falangeiros, o Tambor de Mina, religião afro muito comum no Maranhão, também praticada no Piauí, Pará e tantos outros Estados, o Xangô, nome dado a divindade iorubá reconhecida como o Deus rei, ou o Deus trovão, tão importante em Pernambuco que batiza a religião afro no Recife.

A ordem nesse movimento é AGREGAR. Criar um espaço, um canal de troca onde seus adeptos e casas de culto possam discutir, se conectar e absorver posturas e condutas empoderadoras, diante da triste e preconceituosa realidade que temos vivido no Brasil, cerceando direitos, segregando e enfraquecendo os movimentos religiosos de Matriz Africana.

Em tempos de bancadas político/evangélicas e desrespeito a laicidade do Estado, a ‘união do povo de santo’, deve ser palavra de ordem PARA GARANTIR NOSSA LIBERDADE DE CULTO E EXERCÍCIO DE NOSSA FÉ;  Aqui fundamos os alicerces desse movimento, caminhando num rumo contrário ao da perseguição, da desunião, da falta de respeito, ou das práticas levianas de Sacerdotes que se envaidecem e utilizam as militâncias como veículo de autopromoção, apenas com intuito de angariar recursos financeiros, status e adeptos para suas casas de culto.

Written by

Matriz Africana

Movimento político de união e acolhimento "Matriz Africana", que visa agregar, unir, acolher, conectar e informar a todos os adeptos de religiões de Matriz Africana de forma que se possa empoderar, garantir direitos e proteger a liberdade de culto e os povos de axé. Aqui se troca conhecimento, informação e apoio.